Como você se vê daqui 10, 15, 20 anos…?

Como você se vê daqui 10, 15, 20 anos…?
Por Janete Mendes Ferreira* Com certeza você tem muitos sonhos e planos, e para cada um deles vai precisar de dinheiro para realizá-los. E o que você tem feito hoje para garantir o seu futuro? E, para contribuir com a realização desse futuro planejado, é que te convido a começar uma Previdência Privada o mais breve possível. Frequentemente temos visto divulgações sobre o déficit da Previdência Social Brasileira situação a qual exige que o brasileir

Falta profissionalismo no Empreendedorismo Materno?

Falta profissionalismo no Empreendedorismo Materno?
Na semana passada, tivemos aqui na Casa de Viver mais um Café com Mães Empreendedoras, um evento de networking e desenvolvimento que realizamos desde 2014, antes mesmo de abrirmos fisicamente a Casa. O tema escolhido para esse Café foi muito importante, porque busca encontrar respostas e soluções para problemas que enfrentamos tanto como empreendedoras mães quanto como consumidoras de produtos e serviços dessas empreendedoras. Apesar de buscarmos...

10 dicas para uma introdução alimentar de sucesso

10 dicas para uma introdução alimentar de sucesso
Por Nathália Donato Crédito das fotos: Flávia Saad Nascer, aprender a mamar e, seis meses depois, conhecer os alimentos e aprender a comer. A fase da introdução alimentar é o momento em que você começa a apresentar ao seu filho o mundo das frutas e comidinhas e costuma ser bastante aguardado pelas mamães e papais. Se você está chegando a essa fase, algumas dicas de ouro da Chefe de Papinha podem te ajudar a ter uma introdução alimentar de sucesso.

A força do propósito

A força do propósito
Do que precisamos para sermos felizes? Essa é possivelmente a pergunta sobre a qual mais pessoas se debruçaram em toda a história da humanidade. W.B. Yeats dizia que a felicidade é o crescimento, e muitos pensadores atuais concordam que a noção de estarmos evoluindo – como pessoas ou como profissionais – é um dos ingredientes da felicidade. Outro elemento fundamental para a felicidade, dizem os especialistas, é sentir-se parte de algo maior, ter um signi...

Interação é fundamental para desenvolvimento do bebê: a abordagem das “pedagogias de respeito”

Interação é fundamental para desenvolvimento do bebê: a abordagem das “pedagogias de respeito”
Por Leila Oliveira Costa, Professora Universitária e Assessora Pedagógica.  Pedagoga (Unicamp) e Mestre em Educação Ensino e Práticas Culturais  (UNICAMP), Especialista em Educação de 0 a 3 anos (Instituto Singularidades). Participou do Curso Introdutório da Abordagem Pikler no Instituto Pikler (Budapeste - Hungria) e Aprofundamento na Abordagem Pikler pela Rede Pikler Nuestra América. Há alguns anos estou envolvida com os detalhes dos cuidados que ofer

Ter e criar filhos na França: Pré-Natal e Parto

Ter e criar  filhos na França: Pré-Natal e Parto
Por Alessandra Ribeiro, psicanalista e autora do blog Barriga de Bebê A França é um país onde cesariana é uma intervenção de emergência, usada apenas nas situações de emergência, em que o bebê não pode de fato nascer por parto normal. Não é como no Brasil, você não agenda uma cesariana porque não está a fim de parir, ou porque tem medo do parto ou porque teu obstetra te deu alguma desculpa esfarrapada para não ter que mexer na agenda ou perder o jogo de

“Faça um favor a você e sua cria e repense seu próprio narcisismo”

“Faça um favor a você e sua cria e repense seu próprio narcisismo”
Neonatologista humanizada Ana Paula Caldas fala sobre postagem que gerou polêmica nas redes sociais Ana Paula em palestra no Siaparto (Simpósio Internacional de Assistência ao Parto) 2015 “Preciso contar outra coisa para vocês, mães/pais de um filho só: Seu filho é uma criança extraordinária, como todas as outras crianças do planeta. Ter parto humanizado, criação com apego, amamentar até 18 anos, fazer unschooling não faz de seu filho o Messias. Pode par

A realidade sobre ter e criar filhos na França – Parte I: A volta ao trabalho

A realidade sobre ter e criar filhos na França  – Parte I: A volta ao trabalho
Entre 2009 e 2010, Alessandra Ribeiro passou seis meses na França, fazendo parte de seu doutorado em psicanálise em uma universidade em Paris. Em 2011, voltou para fazer uma pesquisa de pós-doutorado também em Paris, conheceu o atual companheiro e com ele, em 2014, se instalou definitivamente no sul da França, perto da fronteira com a Espanha, em uma cidade próxima a Montpellier. A filha Clara nasceu em 2013,quando ela ainda morava em Paris e ele no sul...

Entendendo as emoções dos pequenos: porque não existe “chilique” aos 2 anos

Entendendo as emoções dos pequenos: porque não existe “chilique” aos 2 anos
É uma questão cultural: Não sabemos de onde veio a crise porque não estávamos prestando atenção nos vários sinais que a criança deu antes de explodir. Não porque somos mães ruins, mas porque somos ocidentais, brasileiras, vivemos no século XXI e nossa cultura é de ignorar crianças pequenas e impor que elas existam de acordo com a nossa conveniência. (O texto abaixo foi publicado originalmente por  sua autora, Stheffany Nering, em um grupo virtual de mães) 

Sem sling e sem brinquedos: sistema RIE de criação é a última moda em Hollywood

Sem sling e sem brinquedos: sistema RIE de criação é a última moda em Hollywood
Nos Estados Unidos, mais precisamente em Los Angeles, onde a comunidade artística é bastante influente, virou moda é criar os filhos de acordo com os princípios RIE, sigla em inglês para Recursos para Cuidadores Infantis. O método foi criado e patenteado pela educadora Magda Gerber, que trabalhou com Emmi Pikler em Budapeste, se mudou para os EUA e escreveu os livros Dear Parent (Querido Progenitor) e Your Self Confident Baby (Seu Bebê Auto-Confiante), sen